Burger King responde Bolsonaro e Banco do Brasil com chamada de elenco para novo comercial

burguer king ataca bolsonaro

A rede de fast food está procurando por atores que participaram recentemente de comerciais de banco que foram censurados.

No final do mês de abril, o Banco do Brasil teve um comercial censurado pelo presidente Jair Bolsonaro, o motivo da censura seria devido a “excesso de diversidade”. Inclusive, o comercial fez Bolsonaro entrar em contato diretamente com o banco para pedir que o vídeo fosse tirado do ar. Curiosamente, logo após essa tomada de decisão o diretor de comunicação e marketing do banco acabou demitido.

O caso ganhou grande repercussão nas mídias, fazendo com que a discussão na internet está de pé até hoje. Após a censura realizada pelo governo, o presidente também delegou uma limitação para as próximas campanhas estatais que proíbe o uso de qualquer termo utilizado pelo público LGBTQ+.

Quando parecia que o assunto ia esfriar, o Burger King resolveu se manifestar mandando um recado ao atual presidente e ao banco em questão, através de posts em suas redes sociais. O fast food, que tem grande valorização não apenas no Brasil, anunciou que está em busca de atores para participarem de um novo comercial da franquia. Os pré-requisitos são simples, ter participado de um comercial do Banco do Brasil que tenha sido censurado nas últimas semanas.

O Burger King fez questão de ressaltar o seu posicionamento em relação a diversidade, falando que os interessados podem ser homens, mulheres, negros, brancos, gays, héteros, trans, jovens e idosos.

A empresa afirma que “No Burger King, todo mundo é bem-vindo. Sempre”, e fecha deixando seu e-mail para o contato comercial.

Obrigado pela visita e continue acompanhando as publicações dos Órfãos da Roanê.


Kayque Borges

Artigo publicado por Kayque Borges

Criador de conteúdo nas horas vagas.

Me acompanhe no Instagram & Facebook

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *